Quem é a favorita: Flora ou Donatela?

16 janeiro, 2009



Quem pode ver alguns capítulos de A Favorita, novela das 21hrs teve o prazer de assistir o belo trabalho de Patrícia Pillar e Cláudia Raia que nos primeiros dois meses da novela souberam levar a trama em suspense sobre suas verdadeiras personalidades. O que pra mim o autor soube escrever muito bem. Depois que cada uma revelou seu perfil, ficou mais difícil para o telespectador decidir quem realmente é a favorita da novela.

O autor quis passar uma mensagem de ambivalência,mostrando sentimentos antagônicos que contracenaram o tempo todo na novela. A inveja e a competição foram pares perfeitos durante toda a estória.


Cláudia Raia como Donatela passa muito bem a mensagem de lutadora, sonhadora, que sabe enfrentar bem os revezes que a vida se apresenta.

Patrícia Pillar como Flora passa muito bem a mensagem de lutadora, sonhadora, que sabe enfrentar bem os revezes que a vida se apresenta.

Frase similar, pois sim! Os temperamentos das duas são muito próximos, apenas o que diferencia é a forma como cada uma consegue atingir seus objetivos.

O fato é que estes dois papeis encantaram muito a telinha no horário nobre da Globo.

Claro que quem é a favorita da trama é a Donatela, pelo próprio enredo da estória, pela forma como ela age com as pessoas ao seu redor, sempre de forma correta e justa. Inclusive, Flora sempre afirmou que entre elas a Donatela é a mais preterida.

E Flora caiu nas graças do telespectador. Claro que não foi pelas suas maldades, que não foram poucas. Mas sim pelas suas frases originais de ironia memoráveis. Muitas vezes pensamos coisas que não dizemos. E ela fala coisas que chocam pelo perfil doentio que tem. Como por exemplo: à sua filha, Lara, meiga milionária interpretada por Mariana Ximenez, ela se refere como “pentelha”, “purgantezinho”, “xaropinho”, além da já citada “vaquinha”. Seu pai, Pedro interpretado por Genézio de Barros, e o sogro, Gonçalo interpretado pelo brilhante ator Mauro Mendonça, simpáticos senhores, são “velhos babões”. A sogra, Irene interpretada pela atriz Glória Menezes, que é uma mãe para ela, não passa de “velha cretina e safada”.

E toda esta forma irreverente que Flora apresenta vai contra todos os modelos normais de ética e conduta, mexendo muito com a reação do público.

Flora entrou para a galeria das maiores vilãs da história das novelas. A lista inclui Nazaré (Renata Sorrah), de Senhora do Destino, Laura (Cláudia Abreu), de Celebridade, Bia Falcão (Fernanda Montenegro), de Belíssima, e a suprema vilã Odete Roitman (Beatriz Segal), de Vale Tudo.







Assim quero deixar uma salva de palmas para todo o elenco, toda equipe e principalmente para João Emanuel Carneiro pelo seu texto.

A realidade muita vezes não se apresenta da forma como gostaríamos. Às vezes é cruel, mas mesmo assim podemos reagir de forma diversa buscando algo melhor. Pra mim não existe nada melhor do que deitar a cabeça no travesseiro com a consciência limpa.

Estamos no desfecho final da novela e pra você quem é a favorita?

4 comentários:

Mário Júnior disse...

Li seu post. Mas tenho uma visão [muito] diferente da sua...

Se quiser ver: http://blogdomariojunior.blogspot.com/2009/01/favorita-acabou.html

Compondo o olhar ... disse...

oi!! te indiquei p o premio dardos... dá uma passadinha no meu blog para pegar seu selinho... bjocas mil

Mário Júnior disse...

Já havia pego antes de ver esse recado aqui. :)

shadow disse...

Hello, I have visited your interesting blog,come and get you advertising on my blog.Put your link in comments,or in followers,
on my blog .Hello http://dog-lucky.blogspot.com/